WeCreativez WhatsApp Support
Estamos disponíveis para esclarecer qualquer duvida. Entre em contato conosco!
Olá! :)
Conecte-se conosco

Destaques

Para diretoria, a segurança da Expo é quase uma obsessão”, diz Mário Hélio

Publicado

em

O presidente da Sociedade Rural do Noroeste do Paraná, Mário Hélio Lourenço de Almeida Filho, voltou a dizer na manhã desta quinta-feira (21), que, para a diretoria, a segurança da Exposição Feira Agropecuária e Industrial de Paranavaí (ExpoParanavaí) “é quase uma obsessão”. O comentário foi feito durante reunião com representantes das polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Rodoviária Estadual, Ministério Público Estadual, Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Proteção à Vida e Trânsito, empresas particulares de segurança e de brigadistas contra incêndio e, ainda, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a concessionária Viapar.

No encontro, com a participação de vários diretores da Sociedade Rural, foram discutidos a segurança de trânsito e a dos expositores e visitantes. “Estamos aqui para ouvir as orientações e as necessidades de vocês para que, como aconteceu durante os últimos três anos em que estamos à frente da Rural, esta exposição transcorra na maior tranquilidade”, enfatizou o presidente na abertura da reunião. “Nossa preocupação é melhorar a cada ano a segurança da Expo, colocando em práticas a orientações que vocês nos passam”, reforçou.

Mário Hélio disse que tem visitados eventos desta natureza em outras cidades e algumas delas, embora do mesmo porte de Paranavaí, exigem bem menos segurança do que na cidade. “Os muros não tem dois metros e ninguém pula. E a nossa preocupação com quem pula o muro não é com a evasão de receita porque deixou de comprar o ingresso, mas o que estas pessoas podem estar trazendo para dentro do parque, como arma branca, drogas e até arma de fogo. Queremos que todos passem pela revista na entrada do parque”, disse ele.

“É uma questão educacional, cultural. Muitos parques permanecem limpos durante a exposição, não jogam papel, copos, garrafas no chão. Colocam tudo nos locais adequados. Este ano, vamos começar um trabalho de conscientização. Numa parceria com a Sanepar e com a (Faculdade) Fatecie, vamos implantar um programa de gestão de resíduos sólidos, que será aprimorado a cada ano”, revelou o presidente.

TRÂNSITO – Representantes da Viapar e da Polícia Rodoviária Federal (com base em informações da concessionária) informaram que antes do início da ExpoParanavaí, em 8 de março, todas as obras de duplicação na BR-376 nas proximidades do parque de exposições estarão concluídas e a pista principal liberada nos dois sentidos. As trincheiras também estarão concluídas. A sinalização será reforçada.

Na via marginal, a organização do trânsito ficará por conta dos agentes do Ditran. A trincheira bem em frente ao portão principal do parque de exposição deverá ser interditada para garantir a segurança dos pedestres que seguirão em direção ao Sumaré. As autoridades de trânsito estudam a possibilidade de transitar pelas trincheiras apenas veículos de emergência (ambulância, corpo de bombeiros e viatura policial), além dos pedestres.

O representante do Corpo de Bombeiros alertou para a necessidade de a Sociedade Rural, além de cumprir com as normas de segurança, que exijam também dos expositores o cumprimento, para que eles não venham barrar a liberação para a realização da exposição.

A Polícia Rodoviária Estadual informou que vai reforçar o policiamento nas rodovias estaduais no entorno de Paranavaí, que reforçará seu efetivo, terá durante o período da ExpoParanavaí mais uma viatura e ainda contará com o apoio da ROTAM.

A Polícia Militar adiantou que fará todo o policiamento ostensivo preventivo e que dará atenção especial ao furto de celulares. “Ano passado houve um grande número deste tipo de furto. Já começamos orientar a população dando dicas para evitar este tipo de furto”, disse o major Jeferson Luiz de Souza, que está respondendo pelo Comando do 8º Batalhão.

MENORES – O delegado Gustavo Bianchi, da 8ª Subdivisão Policial de Paranavaí, disse que a Polícia Civil trabalhará subsidiariamente a Polícia Militar e vai atuar especialmente no combate a venda de bebida alcoólica para menores e na venda de cigarros contrabandeados, sendo que neste caso os envolvidos serão encaminhados à Polícia Federal. A 8ª SDP manterá um delegado de plantão.

Bianchi disse ainda que no primeiro final de semana, a Polícia Civil terá participação na exposição através do Grupo TIGRE, e no segundo final de semana com a Delegacia Móvel.

O Conselho Tutelar reforçou a necessidade de coibir a venda de bebida alcoólica para menores e adiantou que estes devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis para entrar no parque. Os conselheiros também vão atuar em regime de plantão.

Fonte: Assessoria Expo Paranavaí

Continue Lendo
Clique para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda

Trending

error: Conteúdo exclusivo!