WeCreativez WhatsApp Support
Estamos disponíveis para esclarecer qualquer duvida. Entre em contato conosco!
Olá! :)
Conecte-se conosco

Destaques

Santa Casa forma turma de especialistas em cerimônia marcada por homenagens

Publicado

em

A cerimônia em que o Conselho de Residência Médica (Coreme) da Santa Casa de Paranavaí fez a entrega de diplomas para a quarta turma de especialistas formada pelo hospital foi marcada por homenagens a dois médicos que faleceram entre a última e esta formatura: Michel Spigolon, então chefe da UTI e diretor técnico do hospital, que faleceu em março do ano passado, e Waldomiro Esperidião Júnior, supervisor do curso de Anestesiologia, que morreu no início deste mês. A solenidade aconteceu na noite desta quarta-feira (13), no Harmonia Country Clube.

Já no início da cerimônia foi respeitado um minuto de silêncio pela memória dos dois médicos. Em seguida, a anestesista Daisy Junqueira Bordin, que assumiu a supervisão do curso de residência, em substituição ao colega falecido, fez um rápido pronunciamento lembrando o comprometimento de Esperidião com a profissão.

Nos discursos oficiais da formatura, a memória dos dois falecidos também foi lembrada. O orador da turma, foi Raphael Ricardo de Oliveira, o primeiro anestesista a ser formado pelo hospital. No seu pronunciamento, disse que se sentiu órfão com a morte de Esperidião e revelou que no bloco cirúrgico os preceptores brincavam lhe chamando de “filho do Waldomiro. Mas tenho certeza que ele ficou orgulhoso por nossas conquistas. A minha de estar concluindo a Residência e a dele por ter realizado de forma brilhante a Residência que teve ele como principal idealizador”.

Representando os supervisores e preceptores, o cirurgião Leônidas Fávero Neto fez um pronunciamento dirigido mais aos novos especialistas. Citou que aquele era um momento de comemoração da “consolidação daquilo que se pretende para uma vida toda, alcançada através de dedicação e comprometimento, muito estudo e, provavelmente, muito mais ainda, trabalho”. Mais adiante, disse que os formandos “se permitiram querer o infinito do conhecimento médico e não a limitação suficiente para o desempenho da profissão no dia a dia. É exatamente isto que esperamos de cada um destes especialistas. A medicina brasileira reconhecerá seus esforços”.

Ao final, Fávero aconselhou: “não percam a humildade, entendam que sempre haverá o que aprender e sempre existirá alguém que necessitará de seus conhecimentos, seja este alguém um paciente, seja um aluno de graduação médica. Mas, especialmente, exerçam a medicina com muita responsabilidade”.

QUARTA TURMA, ORGULHO – Falando também em nome do presidente Renato Guimarães, o diretor geral Héracles Alencar Arrais destacou que desde que foi autorizada a residência, a Santa Cada vem fazendo investimentos para dar cada vez melhores condições para o aprendizado dos residentes e que os resultados estão aparecendo. “Hoje, com esta quarta turma, passamos de mais de 30 profissionais que se especializaram em nosso hospital e isto é motivo de orgulho para todos nós: diretoria, a coordenação do Coreme, supervisores, preceptores e, diria até, motivo de orgulho para a cidade e região”, disse ele.

Fonte: Assessoria Santa Casa

Continue Lendo
Clique para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda

Trending

error: Conteúdo exclusivo!