WeCreativez WhatsApp Support
Estamos disponíveis para esclarecer qualquer duvida. Entre em contato conosco!
Olá! :)
Conecte-se conosco

Destaques

Novo delegado de Nova Esperança destaca a importância das investigações na produção de provas

Publicado

em

Dr. Vagner dos Santos Malaquias, de 42 anos, é o novo delegado da Polícia Civil de Nova Esperança. Ele assumiu o cargo esta semana após a transferência do Dr. Leandro Farnese Teixeira que vai chefiar o Núcleo da Divisão de Combate à Corrupção (DCCO) de Maringá, setor da Polícia Civil que investiga irregularidades com o dinheiro público no Estado e Municípios.  

Malaquias era delegado operacional em Paranavaí, cidade por onde atuou  por um ano e dez meses. Antes disso havia trabalhado em Nova Londrina, cidade do extremo noroeste do estado, por 10 meses. Em Nova Esperança ele assume a chefia da delegacia e já está se inteirando da realidade local, onde um processo de transição está sendo conduzido com o auxilio de seu antecessor. “Na delegacia, a demanda de ocorrências é alta, pois a população não é tão pequena. Ainda assim, é possível fazer uma boa administração, com o auxílio de uma equipe bem qualificada. Nós também contamos com a ajuda de prefeituras que nos fornecem estagiários para nosso auxilio e isso é de suma importância”, destacou.

Na função de delegado operacional em Paranavaí, ele trabalhava de operações e atividades de rua, porém entende que a atuação não deve ser apenas voltada à prisão dos supostos autores de crimes, mas, sobretudo na elucidação dos casos objetivando que a sentença condenatória seja robustecida com base das provas produzidas na investigação. “A qualidade da prova que se produz é indispensável. O trabalho operacional é importante, mas é preciso formalizar, colher uma boa prova e amealhar elementos necessários para a comprovação efetiva da culpa dos responsáveis pelos crimes. Não basta saber como foi o crime. Temos que provar, através de um trabalho meticuloso, quem foi o criminoso. E este princípio eu sempre reforcei aonde trabalhei”, finalizou Dr. Vagner dos Santos Malaquias.

Fonte: Jornal do Noroeste

Continue Lendo
Clique para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda

Trending

error: Conteúdo exclusivo!