WeCreativez WhatsApp Support
Estamos disponíveis para esclarecer qualquer duvida. Entre em contato conosco!
Olá! :)
Conecte-se conosco

Destaques

Novo presidente da Fundação Cultural apresenta Plano de Trabalho

Publicado

em

O segmento de Cultura de Paranavaí está sob nova direção. O professor, músico e produtor cultural Rafael Torrente assumiu a presidência da Fundação Cultural e esta semana já apresentou seu Plano de Trabalho para o prefeito KIQ e os secretários municipais.

De acordo com Rafael, a ideia inicial é otimizar e potencializar todo o trabalho que já vem sendo desenvolvido em Paranavaí. “Queremos trabalhar em parceria com outras secretarias do município. Hoje, temos sete prédios (equipamentos culturais) em funcionamento, que são a Biblioteca Cidadã, a Biblioteca Municipal, o Teatro, a Fundação Cultural, a Casa da Cultura, o Museu e a Escola de Música. As bibliotecas, por exemplo, podem ser modernizadas e muito melhor utilizadas através de projetos em parceria com a Secretaria de Educação”, disse Rafael.

Com relação à Casa da Cultura, Museu e Escola de Música, a ideia é integrar os trabalhos destes três equipamentos para otimizar melhor os recursos humanos e financeiros. “Nesta linha, temos o projeto de construir um Centro Cultural, um prédio novo que vai abrigar uma escola técnica de música, espaço para companhia de dança, de artes cênicas, exposições do Museu, auditório e projetos de cursos de audiovisual, que é a tendência do momento”, destacou Torrente.

Outra secretaria que deve desenvolver projetos em parceria com a Fundação Cultural é a de Assistência Social. “Temos os nossos projetos imateriais, que são as oficinas que acontecem nos Núcleos de Cultural, na Escola de Música e Casa da Cultura. A ideia é potencializar estas oficinas, levando as aulas para outros espaços das comunidades, como é o caso do Centro da Juventude, que tem uma estrutura muito boa em uma região estratégica. Além disso, a Assistência Social também tem os CRAS espalhados pelos bairros da cidade, onde também podemos desenvolver estes projetos em parceria”, frisou.

Segundo Rafael Torrente, uma das prioridades do Plano de Trabalho é a reforma e readequação do Teatro Municipal. “Já temos o recurso, o projeto, tudo bem encaminhado para que a reforma aconteça este ano. Também estamos buscando formas de reativar a orquestra e dar mais visibilidade ao coral, companhia de dança, de teatro e aos grandes eventos culturais da cidade. O Femup, por exemplo, recebe mais participantes a cada ano que passa, mas poderia ter um público melhor. Por isso, já neste primeiro momento queremos nos reunir com o Conselho de Cultura e representantes de todas as áreas da cultura para ouvir opiniões, fazer um diagnóstico de como estão os movimentos culturais na cidade e buscar ideias de como envolver mais a população”, explicou.

“Outro projeto que vamos fazer funcionar a partir deste ano é o da Lei de Incentivo à Cultura. É uma lei clara, democrática e justa, que contempla projetos de difusão, formação, pesquisa e produção artística. Estes projetos precisam atender à população no segmento cultural. Através dessa lei, os projetos selecionados são premiados.  Podem ser shows, livros, pesquisas, CDs, cursos. A Lei já existe, mas queremos colocar ela para funcionar efetivamente”, concluiu Rafael.

Continue Lendo
Clique para comentar

Escreva uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Propaganda

Trending

error: Conteúdo exclusivo!